Posts tagged relacionamento
Relacionamento Online

Oi!! Espero que todos tenham aproveitado o fim de semana! Por aqui, eu fiquei em casa, arrumando o apartamento, pois o frio não está me deixando sair. 

Hoje vim falar sobre os aplicativos de relacionamento, que estão cada vez mais populares e já são uma ferramenta importante para viabilizar encontros.

Nos dias atuais, todo mundo está sempre conectado. Já repararam como é difícil ver alguém sem o celular na mão?  Observe à sua volta... estão de olho nos aplicativos, conferindo mensagens ou se, de repente, aconteceu um novo "match". 

Assim, os sites estão por todos os lugares, nos bares, boates, restaurantes, parques, shoppings... Todo mundo usa ou pelo menos já usou um dos aplicativos disponíveis, seja pra fazer amizade ou em busca de um novo amor. 

Lembro-me da minha primeira vez. Eu estava aqui, tinha vindo estudar teatro musical... e foi nessa viagem que tudo começou. Pra mim era muito difícil conhecer alguém em um bar, pois eu ainda não dominava o idioma e tinha vergonha de conversar pessoalmente.

Conhecer alguém online era mais confortável, com a vantagem de que eu podia "treinar" meu inglês. Online eu podia no sufoco pedir ajuda  ao Google Tradutor, sem constrangimento.

Quando decidi vir morar aqui, não tive dúvidas de que usaria aplicativos para fazer amigos. 

Cheguei em  Nova York no Halloween de 2015 e no dia 13 de Janeiro aconteceu um "match" decisivo na minha vida. 
 
Acho que todos já sabem que eu e Mike nos conhecemos num desses sites. 

Eu me divertia respondendo as perguntas do aplicativo, observando o grau da minha compatibilidade com os perfis, o Mike era 97% compatível comigo... Acreditam? 

Isso sem falar que na foto ele estava a cara do Kit Harington (MUSO DA VIDA!) e mais... tinha uma foto dele vestido de Jon Snow no Halloween, aí .... não resisti!

Não pensei duas vezes, mandei uma mensagem bem longa, uns três parágrafos. De cara eu quis que ele soubesse pra que eu falo muito. Rsrsrs

Quando ele me respondeu, marcamos de nos conhecer num bar, mas antes, passamos uns dois dias trocando mensagens. É importante ter certeza que a pessoa é real!

Hoje estamos aqui, comemorando dois anos juntos, 6 meses de casamento e esperando nosso baby chegar em Junho.

Porém, quando se trata de sites de relacionamento, nem tudo são flores.
Existem quadrilhas espalhadas pelo mundo que ali atuam tentando dar golpes financeiro. Parece estranho, mas não é. Você que me lê deve estar se perguntando como fazem isso e quem é o pato que cai nessa armadilha?
O assunto é longo, mas para resumir posso te contar que eles são muito hábeis com as palavras e as vítimas na maioria das vezes são pessoas cuja solidão, ou a vontade desesperada de conhecer alguém, as tornou vulneráveis. 

Historias como a minha acontecem aos monte, e por isso eu sempre recomendo os aplicativos. Contudo, ao usarem é de extrema importância estar alerta para os perigos de um encontro às escuras e também para a troca de informações pessoais através de mensagens.

Atualmente não existe aplicativos sem golpistas, eles usam fotos falsas, contam histórias tristes para ganhar sua compaixão rapidamente e são muito atenciosos. Na maioria das vezes eles estão em outro país utilizando as ferramentas pagas dos aplicativos para transitarem por diversos lugares e conseguirem mais vítimas. 

Existem também os golpistas locais, por tanto nada de marcar encontro sem ter certeza que é uma pessoa real. 

Quando eu usava o aplicativo, confesso que nem sabia da existência dessas quadrilhas. Tive sorte? Fui prudente? Acho que as duas coisas. 

Hoje estou mais informada sobre o assunto. Minha mãe pesquisou sobre esses aplicativos e escreveu um livro onde é possível conhecer os perigos. Em seu romance Caminho de Volta: fragmentos de um amor virtual (ed.Multifoco) ela conta sobre os prazeres e os perigos online. 

Não é fácil saber quem é golpista, mas existem alguns cuidados que podem garantir a sua proteção:
- Marque encontros apenas em locais públicos, com bastante gente;
- Sempre avise um amigo onde será o encontro e se trocar de lugar, mantenha seu amigo informado;
- Não aceite bebida, se você se descuidou e perdeu seu copo de vista por algum momento, compre outra bebida. Não arrisque!

E desconfie sempre de quem insiste em te dizer exatamente o que você quer ouvir. Fique atenta às suas fragilidades....

Agora, se você encontrou uma pessoa real, super legal e você gosta da companhia, se joga! Está mais do que na hora de acabar com essa história de esperar o outro mandar mensagem. Você gostou? Então não faça joguinhos. E se não deu certo, é porque não era pra ser, fica tudo bem e é partir pra outra. 

É melhor a certeza de que um relacionamento não deu certo do que a dúvida do que poderia ter sido, se você fosse verdadeira..


Quer mais informações sobre o tema? Me fala e eu te conto o que sei...

Beijos e uma ótima semana à todos!

It's a Match!

It's a Match!

Noivado

Quem nunca pensou em casar?! EU... mas acontece né.

Depois que vim pra cá em Janeiro de 2014 descobri o hoje famoso Tinder, naquela época não era tão popular, pelo menos não pra mim.. Cheguei aqui pensando "caraaaaca que maneiro, muito fácil conhecer gente assim", realmente é super fácil conhecer gente no Tinder e outro aplicativos o problema é saber se as pessoas querem o mesmo que você. 

Em 2014 também fiz uma viagem pela Europa antes de voltar pra cá, lá o Tinder era usado de uma forma muuuuito diferente, as pessoas usavam pra se conhecer, fazer amizades, como estava em uma viagem com minha mãe, irmão casado e sobrinha pequena, só me restou o Tinder pra ir pra noitada. Foi ótimo!!! Conheci muita gente legal, fui em festas super bacanas, acho que quando lançaram era mais light.

Quando voltei pra estudar em Nova York usei de novo, mas aí as coisas mudaram, a galera estava sempre com intenções diferentes das minhas ou as situações se tornavam esquisitas, enfim, nunca tive sorte.

Em Janeiro de 2016 após uma noitada de bebedeira com os amigos resolvi tentar de novo, dessa vez fui pro Ok Cupid, alguns amigos tinham conhecido seus namorados/as lá e bêbada às 4:30 da manhã só me restava tentar algo novo.

Pois bem, achei um cara com características do Jon Snow (crush no Kit Harington pesaaaado), e às 5 da manhã estava mandando mensagem pra as amigas e acordando os rommates pra dizer que ia casar (SIM! EU DISSE QUE IA CASAR).

Eu mandei mensagem, ele respondeu e depois de alguns dias nos falando resolvemos marcar o famoso "date". Primeiro encontro, 16 horas juntos. Segundo encontro, começou 4 horas após o primeiro terminar e durou mais 15 horas. Terceiro encontro, 7 horas depois do segundo... Duas semanas depois estávamos em um relacionamento sério no Facebook (acho que meu primeiro relacionamento no Facebook hahaha), dois meses depois começamos a morar juntos.

Foi mágico, a cada dia queríamos passar mais tempo juntos.. Quando completamos 6 meses juntos ele me pediu em casamento e foi incrível. Ele é Grego Ortodoxo, então eu tinha que me batizar na igreja dele e pra isso tive que estudar mais sobre a Ortodoxia.

Hoje faltam exatamente 5 meses para o nosso casamento, eu estou ansiosa e super nervosa porque ainda faltam milhões de coisas pra decidir em tão pouco tempo. Mas vamo que vamo, curtindo um dia de cada vez porque eu não pretendo casar de novo hahaha.

Dica Bárbara: Ok Cupid pra quem tá querendo conhecer alguém bacana, diferente do Tinder, ele mostra a sua compatibilidade com a pessoa, no nosso caso éramos 97% match e até sairmos juntos pulamos pra 99%. Você responde várias perguntas e eles fazem a porcentagem de acordo com as perguntas que a outra pessoa também respondeu. É bem bacana e funciona, né?!