Posts tagged Nova York
Tudo o que você quer saber!

Olá, tudo bom?! 

Segunda não teve post como de costume. Eu finalmente terminei o novo layout do blog! Tudo foi feito com muito amor e carinho, e também com o objetivo de facilitar a transição entre as duas línguas. Gostaram?

Vamos ao post de hoje...

Como todo mundo sabe eu moro em Nova York. Durante dois anos estive aqui estudando, indo e voltando do Brasil, até que em 2015 fiquei aqui de vez. Como aqui tem muitos brasileiros, são muitos os grupos no Facebook; e, claro, eu participo de alguns. 

Desde que comecei o blog, recebo muitas mensagens da galera desses grupos e também de alguns amigos. Quase sempre são dúvidas, perguntas, pedidos de indicações, etc. Para facilitar, resolvi reunir as 10 perguntas mais frequentes que recebo sobre “morar em Nova York”:

1 - É caro? Qual é o valor médio de aluguel? 

B: Sim, é bem caro morar aqui comparado a outros estados. Os impostos são maiores, e tudo o que você quiser comprar pode adicionar 8,875% no valor da compra. Em relação a aluguel depende muito da onde você vai morar. Para vocês terem uma ideia, fiz a seguinte estimativa da média de aluguel de quartos: em Astoria e no Brooklyn varia entre $500-$1200, já em Manhattan $900-1800. Claro que tudo depende de quem está alugando, da localização e de alguns outros fatores. 

2 - Tenho um orçamento apertado, onde posso estudar inglês?

B: Existem várias bibliotecas e Igrejas que oferecem aulas gratuitas. Mas se você quiser algo pago, com uma rotina mais frequente e com o valor mais em conta, a dica é procurar por Community Colleges perto de onde você vai morar, os preços costumam ser mais baixos do que nas outras escolas.

3 - O inverno é muito frio?

B: SIM!!!! O inverno é MUITO FRIO e cada ano tem piorado. As temperaturas entre Janeiro e Fevereiro ficam negativas, podendo chegar a uma sensação térmica de -27 graus. (Se você quer dicas sobre o que vestir para se proteger do frio, dá uma olhada no post Moda Inverno!)

4 - Posso trabalhar com o visto de turista?

B: NÃO! Legalmente você não pode trabalhar com visto de turista. Para trabalhar você precisa de um visto específico para trabalho (H1, H2, H3, H4 e O1 - para habilidade extraordinária)

5 - Consigo trabalho fácil?

B: Me conta em qual lugar do mundo está fácil de arrumar emprego? Aqui não é diferente. Existem muitas opções de trabalho e depende da área que você quer atuar. Existem sites como Indeed.com e LinkedIn onde você pode filtrar sua busca de trabalho por empresas que forneçam visto.

6 - Quanto custa se manter em Nova York?

B: Isso depende muito de onde você mora. Eu diria que você precisa de no mínimo mil dólares, fora aluguel, para viver confortavelmente e talvez ainda guardar um dinheirinho.

7 - Quais são os melhores bairros para morar?

B: Eu sou suspeita para falar, mas eu AMO Astoria. Foi o primeiro bairro que morei quando vim pra cá e eu amei! Depois morei em Manhattan, mas confesso que fiquei super feliz em voltar pra cá. É um bairro bem residencial e multicultural. Eu moro na porção predominantemente Grega. Acho uma delícia!!! Existem áreas no Brooklyn como Williamsburg, Dumbo, Park Slope que são bem bacanas também. E em Manhattan eu gosto dos extremos, Uptown ou Downtown. Acho Midtown muito agitado, “muvuca” o tempo todo e eu, particularmente, prefiro um bairro mais tranquilo. Mas novamente, tudo depende do que você gosta e também do seu orçamento.

8 - Quanto tempo posso ficar com um visto de turista?

B: Você tem 6 meses de permanência no país com o visto de turista, podendo pedir extensão por até um ano e meio. Na extensão é dado 6 meses a mais de permanência desde que você diga os motivos pelo qual quer ficar e comprove que pode se manter financeiramente. Você pode baixar o formulário (I-539) no site da USCIS, preencher e pagar uma taxa de $370 dólares. Com isso você pode estender sua permanência por até 6 meses, e esse requerimento pode ser feito até duas vezes, totalizando a permanência de 1 ano e meio. Esse documento é o que você vai precisar para entrar novamente no país e comprovar que não permaneceu ilegalmente. 

Vale lembrar que não é necessária a contratação de um advogado ou agência para esse tipo de requerimento, existem muitas pessoas agindo de má fé e cobrando por esse serviço, mas você pode preencher sozinho, sem problemas. Eu mesma fiz esse processo e garanti a extensão da minha permanência sem nenhum auxílio. Se alguém quiser saber mais sobre esse assunto deixa um comentário aqui ou manda e-mail pra mim (babi@dicasbarbaras.com).

9 - Como conseguir um visto de estudante?

B: Primeiro tudo depende do tempo que você vai ficar. Para cursos de até 6 meses, não é necessário visto de estudante. Se você planeja ficar mais tempo, procure saber com a escola de sua escolha. A maioria dos cursos de inglês fornece a papelada para o visto de estudante, cursos livres como culinária, artes, teatro, nem sempre tem essa opção. Então o melhor a fazer é dar uma olhada no que a instituição oferece. 

10 - Como adquirir o Green Card?

B: O Green Card hoje em dia é adquirido por meio de vínculo trabalhista ou casamento. 

Quando você é contratado por uma empresa, recebe o Green Card como comprovante de sua residência no país. E ele está ligado à condição do vínculo com o contratante, e sua validade também depende também da empresa. Não são todas as empresas que disponibilizam o status de residente (Green Card), a grande maioria apenas providencia o visto necessário. 

O Green Card via casamento é adquirido através do seu marido/esposa Americano(a). Ele fica ligado à condição de permanecer casado por 2 anos, e após esse período você precisa renovar e nessa renovação a condição é retirada. 

Ambos processos não são simples, existem uma série de etapas onde você deve comprovar o emprego ou o casamento legítimo. Os formulários também estão disponíveis online no site da USCIS e lá você também encontra instruções de como enviar a papelada.


Bem, se alguém tiver alguma outra pergunta ou dúvidas relacionadas às perguntas de hoje, deixa seu comentário aqui ou pode escrever diretamente pra mim que eu respondo com o maior prazer!

 

Moda Inverno

Olá! 

Se você está passeando/mora em Nova York ou em qualquer outro lugar frio, esse post é pra você! 

Em alguns lugares quando o inverno chega começa uma luta diária com o armário, afinal de contas às vezes é difícil manter a elegância usando muitas camadas de roupas. E se a temperatura estiver negativa, fica impossível. 

Eu morava no Rio de Janeiro, então raramente comprava roupas de inverno. Quando decidir vir para cá me dei conta do quanto é difícil encontrar roupas que segurem -10 graus e custem menos que mil reais. Por isso, investi em um bom casaco de neve, segunda pele e uma meia calça de lã. O plano era chegar aqui e já correr pra uma loja e comprar roupas térmicas (já não as uso mais, porém foram a salvação nos meus dois primeiros invernos). 

Em Nova York existem várias campanhas sobre o consumo consciente, e eu, sinceramente, acho o consumo aqui muito mais controlado do que no Brasil. É claro que existem os consumidores de carteirinha, mas eu desde que cheguei, ainda não os conheci.

Penso que diferentemente do Brasil, onde devido os altos preços a grande maioria espera pelas liquidações para renovar o guarda roupas; aqui, como encontramos preços bons em todas as épocas, as pessoas compram conforme à necessidade. Os preços regulares são justos e de acordo com a estação, as liquidações geralmente acontecem do meio pro final, quando as lojas precisam trocar as mercadorias para as próximas estações. Mas vamos ao que interessa...

Eu amo vestidos! Minha mãe vai dizer que os odiava quando era mais nova, mas hoje 70% do meu armário é composto por eles. Normalmente dou preferência aos lisos, pois posso usá-los em qualquer estação, mudando apenas a composição do look. Quando está mais frio, coloco uma meia grossa, segunda pele e fica tudo certo. Mas quando está uma temperatura mais amena, dou preferência a uma meia calça cor da pele e botas de cano longo são sempre uma ótima opção!

Uma dica muito importante para a galera friorenta é não abrir mão das roupas térmicas! Elas ficam bem coladas ao corpo, o que não impede de vestir outras peças mais justas por cima, como uma calca jeans ou uma legging. Você encontra roupas térmicas de várias cores, marcas e preços diferentes! Aos viajantes, eu sempre sugiro comprar na Amazon e programar a entrega para o dia que você chegar, assim fica garantido não passar frio.

Abaixo vocês podem ver algumas das minhas composições e peças favoritas. Durante o outono e inverno minhas peças chaves são: jaqueta de couro, botas de cano longo, casaco de neve com pêlo no capuz (pêlo sempre falso, né gente?!), capa de chuva para os dias que precisar, tênis e trench coat pra os dias menos frios. 

Está fazendo as malas e não sabe o que levar? Precisa de ajuda sobre onde comprar roupas de inverno? Comentem aqui ou escrevam pra mim (babi@dicasbarbaras.com)que eu ajudo com o maior prazer!

ModaBabimoda, Nova YorkComment
NYFW

Demorei, mas cheguei! 

A semana da moda de Nova York foi uma correria só! Foram 7 dias correndo de um lado pro outro, fazendo fotos e óbvio conferindo as novidades!

Bem, ainda não consegui colocar todas as tendências e novidades que rolaram nos desfiles, então vou mostrar um pouco do trabalho que fiz. Acompanhei desfiles de novos designers durante a semana toda, assisti, fotografei, conversei com os designers e foi uma experiência super bacana!

Como a correria fashion continua, vou compartilhar uma galeria das fotos que fiz com vocês e as histórias conto durante a semana! Terças, Quintas e Sábados! 

Babimoda, Nova YorkComment