Posts tagged Home Office
O fim do Home Office!
Screen Shot 2019-04-10 at 12.34.31 PM.png

Ultimamente tenho me apresentado como MOMPRENEUR (Mãe Empreendedora), termo esse que falta nas categorias das redes sociais.

Quando eu descobri que estava grávida, tinha o plano de abrir meu próprio estúdio de fotografia… A gravidez foi um baque enorme na minha autoestima profissional. Eu tinha dinheiro para abrir meu próprio negócio, tinha clientes, mas ia me faltar tempo. Várias vezes pensei se queria trabalhar ou ser mãe...mas por que não os dois?

Fiz vários ensaios grávida, carregava a Gigi na barriga, carregava o equipamento, pegava o metrô; era divertido, mas muito cansativo.

Claro que depois dela nascer, ficou ainda mais cansativo. E a diversão já não era mais a mesma. Fiz ensaios durante o puerpério, com Gigi no sling, no carrinho, mamando enquanto eu fotografava, até que chegou o momento de marcar o último cliente.

Não foi fácil, mas foi muito necessário!

E aí ... senti um vazio enorme!

Eu não tinha mais uma profissão, e ser mãe, dona de casa, nunca fez meu coração bater mais forte; pelo contrário, tenho absoluta certeza que não é suficiente pra mim.

Não vai aqui nenhuma crítica ou desvalorização de quem escolhe esse caminho... apenas não é a minha escolha.

Para ser feliz é preciso sair da zona de conforto. E eu decidir sair, decidi me jogar...

Claro que empreender não é fácil, ainda mais sendo mulher, em um país que não é o nosso, e com um bebê a tira colo. O desafio é imenso, as vezes me parece descomunal .

Essa foto representa nosso dia a dia. E tenho certeza que esta foto representa a vida de muita mulheres maravilhosas por aí; mulheres que digitam aquele e-mail para o cliente enquanto amamentam, que fazem reunião por Skype durante a soneca da tarde, e que sempre têm a reunião interrompida pelo choro… VALE A PENA!

Depois de 10 meses no esquema home office, dividindo minha atenção com Gigi, Mundo Bita, cachorro e gato, chegou a hora de ter meu espaço de trabalho, e separar meu momento de criação do caos do dia a dia.

As férias ainda não acabaram, mas dessa vez voltarei para Nova York para a realização de um sonho.

O podcast @asexpatriadas está vindo aí, e com certeza acompanhado de revolução feminina coletiva!

Nós estamos no mesmo barco e precisamos umas das outras - jamais seremos concorrentes. Essa é a transformação de mundo que queremos e que só é possível acontecer coletivamente.

Nunca desista dos seus sonhos! Esse é meu mantra todas as manhãs... e a noite antes de dormir. Não desista por ninguém pois seu sofrimento ao desistir, jamais deve ser considerado uma prova de amor.